INICIO > ESPÉCIES DO BRASIL > GAVIÃO-PAPA-GAFANHOTO  

Gavião-papa-gafanhoto
Buteo swainsoni (Bonaparte, 1838)

Ordem: Accipitriformes
Família: Accipitridae
Grupo:
Gaviões-planadores

Nome em inglês: Swainson's Hawk
Habitat:
Borda de matas, savanas e campos naturais.
Alimentação:
Invertebrados e pequenos mamíferos.


Distribuição no Brasil:



Status: (LC) Baixo risco
Migrante do Hemisfério Norte


Indivíduo adulto. Yellowstone National Park/EUA
Jan. 2012. Foto:
Paulo Fernando Bertagnolli

Vocalização de chamado (B)
(gravado por: Nathan Pieplow)

• Descrição: Mede de 43-55 cm de comprimento, peso médio de 908 g (macho) e 1069 g (fêmea) (Del Hoyo et al. 1994). É altamente polimórfico, apresenta uma grande variação na coloração da plumagem, sendo mais comum nos adultos a fronte branca ou ardósia e coroa, nuca e aurículas cinza-amarronzadas. O dorso é amarronzado ou pardo, com região gular e baixo ventre brancos e peito castanho-amarelado (Del Hoyo et al 1994; Mikich & Bérnils, 2004).

• Alimentação: Na América do Norte, em temporada reprodutiva, caça grilos e gafanhotos, roedores, répteis, aves e morcegos. Na América do Sul, insetos como gafanhotos e besouros constituem a base da sua alimentação (Del Hoyo et al. 1994; Márquez et al. 2005).

• Reprodução: Nidifica nas pradarias do centro-oeste da América do Norte. A construção do ninho é feita a cada estação reprodutiva, iniciada cerca de uma ou duas semanas após seu regresso do hemisfério sul. Coloca de dois a três ovos, com um intervalo de até dois dias entre cada postura. A fêmea permanece no ninho incubando os ovos por aproximadamente 35 dias, os filhotes realizam os primeiros voos após 44 a 45 dias da eclosão (Márquez et al. 2005; Del Hoyo et al. 1994; Mikich & Bérnils, 2004).

• Distribuição Geográfica:
Ocorre no centro-oeste da América do Norte, onde passa o verão e se reproduz, migrando durante o inverno boreal para a América do Sul, podendo ser encontrado na Argentina, Paraguai, Uruguai, de passagem na região amazônica, e como vagante no sul e sudeste do Brasil (Márquez et al. 2005).

• Status nas listas vermelhas estaduais:

  Paraná: Dados desconhecidos (Mikich & Bérnils, 2004).
  Rio de Janeiro: Dados desconhecidos (Alves, et al. 2000).

• Hábitos/Informações Gerais: Na América do Norte habita as planícies, pradarias e as regiões desérticas. No Brasil, durante a migração, pode ser observado em savanas, campos naturais, áreas montanhosas e campos de altitude. No Paraná, as observações próximas a Serra do Mar sugerem que alguns indivíduos costumam frequentar ambientes mais florestados (Mikich & Bérnils, 2004). O nome papa-gafanhoto faz referência à sua alimentação baseada em ortópteros.

• Movimentos migratórios: Oriundo da América do Norte, migra durante o inverno boreal (entre outubro e março) para a América do Sul, descendo através das Cordilheiras dos Andes, sendo a Argentina seu destino final, onde permanece de novembro a março. Durante a migração se agregam em centenas de indivíduos, e a grande nuvem de migração de B. swainsoni costuma cruzar o Acre e o oeste do Amazonas entre a segunda e a terceira semana de outubro. Na região de La Pampa (Argentina), já foi observado aproximadamente sete mil indivíduos usando um mesmo dormitório, durante os meses de janeiro e fevereiro (Márquez et al., 2005; Mikich e Bérnils, 2004). Alguns indivíduos, especialmente jovens, se perdem durante o trajeto migratório e podem ser avistados como vagantes em outras partes do Brasil, especialmente na região sul e sudeste.



Indivíduo jovem. Concórdia (Argentina) Nov. 2014.
Foto:
Samuel Oliveira

Indivíduo jovem. Niterói/RJ, Dezembro de 2012.
Foto:
José Guimarães

 

:: Página editada por: Willian Menq em Mai/2016. ::



• Referências:

Alves, M. A. dos S., J. F. Pacheco, L. A. P. Gonzaga, R. B. Cavalcanti, M. A. Raposo, C. Yamashita, N. C. Maciel & M. Castanheira (2000) Aves, 113-124 In: H. de G. Bergallo, C. F. D. da Rocha, M. A. dos S. Alves e M. Van Sluys (orgs.) A fauna ameaçada de extinção do estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Del HOYO, J.; ELLIOTT, A.; SARGATAL, J. Hand-book of the birds of the world. v. 2. Barcelona: 
Lynx Edicions, 1994.

Márquez, C., Gast, F., Vanegas, V. & M. Bechard. 2005. Aves Rapaces Diurnas de Colombia. Bogotá: Instituto de Investigación de Recursos Biológicos Alexander von Humboldt. 394 p.

Mikich, S.B. & R.S. Bérnils. 2004. Livro Vermelho da Fauna Ameaçada no Estado do Paraná. Disponível em: > http://www.pr.gov.br/iap. Acessado em: 31 mar 2010.

• Site associado: Global Raptor Information Network (em inglês)

 

• Citação recomendada:

Menq, W. (2016) Gavião-papa-gafanhoto (Buteo swainsoni) - Aves de Rapina Brasil. Disponível em: < http://www.avesderapinabrasil.com/buteo_swainsoni.htm > Acesso em: